IN/compatível? remontagem 2016 – Catarse

Acesse o link!

Projeto In/compatível? 2016 um dos trabalhos mais emblemáticos da Cia. em seus 16 anos de trajetória

Participe deste momento único, colaborando com o resgate de um trabalho cênico de dança contemporânea estreado em 2005 pela Eduardo Severino Cia. de Dança. Três Prêmios Açorianos de Dança. Um dos trabalhos mais emblemáticos da Cia. em seus dezesseis anos de vida. Quatro negociadores do amor tentando se reencontrar, reconciliar, se apaixonar.

O trabalho retrata a robotização da união entre quatro personagens através de uma linguagem contemporânea, com quatro personagens que se entrelaçam em seus sentimentos. Em cena, os quatro intérpretes negociam seus sentimentos atrás de uma escrivaninha que também é cama que também é chão e balcão de negociatas, os seres negociadores do amor trajam um figurino pop que sugere um mundo mecanicista com relações vazias e distantes, onde os corpos ficam evidenciados no intuito de questionar o culto ao corpo existente em nossa sociedade, o mecanicismo de nossas relações e a robotização de nossos comportamentos cotidianos.in-compativel_22.jpg

Trajetória: O espetáculo atual em sua recriação e remontagem tem estréia prevista para abril de 2016. O espetáculo na sua versão original teve estréia em 4 de junho de 2005, cumprindo temporada nos meses de junho, julho e outubro na sala 504 do eixo experimental na Usina do Gasômetro e que faz parte do Projeto Cultural Usina das Artes.
Um estudo e fragmento da obra tiveram pré-estréia na Mostra Dies de Dansa em Barcelona/Espanha em agosto/2004 e no encerramento do Arte no Solar da Assembléia Legislativa do Estado em Porto Alegre e novembro/2004.
O Espetáculo também foi mostrado: Abril/Dia Internacional da Dança-Salão de Atos da UFRGS/Porto Alegre/2005; Agosto/Conesul Dança 2005 – Teatro São Pedro/Porto Alegre; Agosto/Temporada no Teatro Sete de Abril/Pelotas/2005; Janeiro/Mostra Verão-Teatro Renascença/Porto Alegre/2006; Janeiro/Melhores do ano- Prêmio Açorianos 2005- Teatro Renascença/Porto Alegre/2006 e El Cruce Festival de Artes Cênicas em Rosário/ Argentina/2006 e participação no FIDET/Escena doméstica/Santiago/Chile/2011 e um fragmento desta nova recriação com os quatro criadores/intérpretes participou do Festival Dançapontocom/2015.
A obra teve seis indicações ao Prêmio Açorianos de Dança da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre/2005, sendo indicado para: Melhor espetáculo, coreografia, produção, bailarino, figurino e trilha musical pesquisada
, recebendo o Prêmio por melhor coreografia, bailarino e trilha musical pesquisada.

Faremos seis apresentações do trabalho totalmente remontado/recriado com novo elenco, Andrew Tassinari, Junior Alceu, Luciano Tavares, Viviane Gawazee e Eduardo Severino, em dois finais de semana de sexta à domingo na Sala 209 na Usina do Gasômetro em Porto Alegre em maio de 2016 e mais “Na cozinha com IN?compatível?” com seis apresentações de performance com o mesmo elenco que será encenado em casas/residências/cozinhas possíveis e disponíveis de financiadores entre abril/maio/junho/julho de 2016, o na “Cozinha com IN/compatível? teve estreia em Santiago do Chile em 2012 dentro do projeto “Escena doméstica” no FIDET.

Em tempos de tão pouco diálogo e tolerância é absolutamente indispensável que se fale e que se sonhe com seres humanos que tentem se reencontrar, se reconciliar, se apaixonar, se entregar, se respeitar e se libertar.

Concepção Coreográfica: Eduardo Severino e Luciano Tavares | Criadores/Intérpretes: Luciano Tavares, Junior Alceu Grandi, Andrew Tassinari, Viviane Gawazee e Eduardo Severino | Figurino e Cenografia: Luciano Tavares e Eduardo Severino | Consultoria de Figurino: Luciane Castro | Consultoria Estética Óptica: Luís Henrique | Trilha Sonora pesquisada por Luciano Tavares: Evelyn Glennie, Operation Phoenix, Candeia | Desenho de Luz: Luka Ibarra | Projeto Gráfico: Adriana Sanmartin | Fotografia: Natalia Utz e Lu Mena Barreto | WebDesign: Luciano Tavares | Mixagem: Jorge Foques | Registro audiovisual: João Gabriel de Queiros | Produção: Luka Ibarra e Ana Paula Reis / Lucida Desenvolvimento Cultural.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s