Tempostepegoquedelícia na Mostra CultDance 2018

A Eduardo Severino Cia de Dança estará participando com o trabalho TEMPOSTEPEGOQUEDELÍCIA com os intérpretes Mônica Dantas e Luciano Tavares e direção/coreografia de Eduardo Severino e Elcio Rossini, na Mostra  “CultDance 2018” que irá acontecer de 6 a 13 de julho na cidade de Brasilia. Estaremos também ministrando oficinas e fazendo parte dos debates e vivências entre os artistaparticipantes. Abaixo maiores informações sobre o Festival.

https://www. facebook.com/cultdancebsb/

https://www. instagram.com/mostracultdance/

http://mostracultdance. com.br/

KIN_0554
Foto: Cristiano Prim

Em julho, a dança contemporânea vai ocupar o Distrito Federal

De 6 a 13 de julho, a CultDance 2018 — Mostra de Dança e Videodança ocupa o DF com espetáculos, oficinas, encontro de criaadores e exibições de videodança  — que incluem a participação de artistas do Brasil, da Argentina e da Europa.

O evento conta uma programação variada, que envolve também palestras, workshops, mesa de debate sobre o Mercado da Dança com especialistas da área e vivência de criadores em rodas de conversas — atividades que ocorrem em diversos espaços do DF.

A mostra é patrocinada pelo Fundo de apoio à Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura do DF (FAC/DF).

As apresentações acontecem no Centro de Dança do Distrito Federal e são divididas em três categorias: as mostras Solos na Sala e Duos na Sala; e a Dança pra Tela, com exibição de videodança de diversas nacionalidades.

Encontro de Criadores e Residência Artística

Na Casa de Arte e Cultura Esquina Criativa, na Candangolândia, ocorrem as reuniões da Residência Artística, onde um grupo de criadores estará reunido para produzir videodança, a ser gravado nas ruas do DF; e as Conexões Artísticas (Encontro de Criadores), que vão oferecer aos dançarinos a oportunidade de compartilhar experiências e pesquisas.


Em julho, a dança contemporânea vai ocupar o Distrito Federal

De 6 a 13 de julho, a CultDance 2018 — Mostra de Dança e Videodança ocupa o DF com espetáculos, oficinas, encontro de criaadores e exibições de videodança  — que incluem a participação de artistas do Brasil, da Argentina e da Europa.

O evento conta uma programação variada, que envolve também palestras, workshops, mesa de debate sobre o Mercado da Dança com especialistas da área e vivência de criadores em rodas de conversas — atividades que ocorrem em diversos espaços do DF.

A mostra é patrocinada pelo Fundo de apoio à Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura do DF (FAC/DF).

As apresentações acontecem no Centro de Dança do Distrito Federal e são divididas em três categorias: as mostras Solos na Sala e Duos na Sala; e a Dança pra Tela, com exibição de videodança de diversas nacionalidades.

Encontro de Criadores e Residência Artística

Na Casa de Arte e Cultura Esquina Criativa, na Candangolândia, ocorrem as reuniões da Residência Artística, onde um grupo de criadores estará reunido para produzir videodança, a ser gravado nas ruas do DF; e as Conexões Artísticas (Encontro de Criadores), que vão oferecer aos dançarinos a oportunidade de compartilhar experiências e pesquisas.


Ficha Técnica Cultdance 2018

Coordenação de programação e Diretora de Produção: Cleani Calazans

Curadoria e Programação: Laura Virgínia e Luísa Lemos

Produção Executiva: Jaqueline Calazans

Coordenador técnico: Marcelo Augusto Santana

Cenotécnico e Contra-regra: Hilton Gonçalves

Fotografia e assistente de produção: Nityama Macrini

Registro de Imagem: Dmitri Valença

Assessoria de Imprensa: Casa da Redação

Assessoria de Comunicação: Cristiano Torres Lima

Social Mídia: Camila Aguilleras

Design Gráfico: Erika Pacheco


PROGRAMAÇÃO CULTDANCE 2018

Dia 06 de julho – 20h

Centro de Dança do DF

Dança pra Tela 

Mostra Especial da Curadoria – Homenagem à FlakoRojas

“DesktopDoc”/ Filipe Marcena – PE– Brasil

“S”/ Coletivo Na Janela e Júlia Lüdke – PR– Brasil

Duos na Sala 

“Tempostepegoquedelícia”/ Cia Eduardo Severino /RS – Brasil


Dia 07 de julho

Centro de Dança do DF – 20h 

Dança pra Tela 

“Choro”/Leonardo Augusto/ MG– Brasil

 “O homem Banco”/ Cícero Fraga/ DF– Brasil

Solos na sala

“After Sinous Curves” / Korina Kordova / SP– Brasil

Duos na Sala

“Como escucha la Piel?”/ Argentina


Dia 08 de julho

Centro de Dança do DF – 20h

Dança pra Tela 

“Orgânica”/ Coletivo Provisórias/ MG – Brasil

 “Abs8-S3-x0, eixo monumental dos prazeres, saída sorte”/ Margaridas Cia de Dança/ DF – Brasil

Solos na Sala

“Tempo” / Letícia Rodrigues/ SP – Brasil

Duos na sala

“Uman” / Grupo SATS / RJ – Brasil


Dia 09 de julho

Centro de Dança do DF – 20h

Dança pra Tela 

“Cora”/Angela Mugnatto e Vanclea Porath/ DF– Brasil

 “Feira dos Penitentes” / Hugo Leonardo/ BA– Brasil

Solos na Sala 

“A Dama da Dor”/ Juana Miranda / DF – Brasil

 “Aurora”/ Eliana Carneiro / DF – Brasil


Dia 10 de julho

Centro de Dança do DF- 20h 

Dança pra tela 

“Quadrant”/ Marta Arjona/ Espanha

“Nitesência”/ Denise Matta/ SP– Brasil

“entre-olhares”/ Marilia Zamilian/ PR– Brasil

“Repeat Please”/ Lilian Graça/ BA– Brasil

Solos na Sala

“Sem Sal sem açúcar” / Moisés Ferreira/ RN – Brasil

“Frango” / Zé Reis / DF/PI – Brasil


Dia 11 de julho

Centro de Dança do DF– 20h

Dança pra Tela 

“Disseminar Contato – Estação”/ Pablo Peixoto/ DF– Brasil

“Anáfora”/ Clara Sales/ DF – Brasil

“Avulso”/ Gleysson Moreira/ GO – Brasil

“Solaris”/ Letícia Rodrigues/ SP– Brasil

“Silêncio e Som/ Eva Maria/ GO– Brasil

Solos na Sala

“Espessura da Imagem”/ Rosa Schrann / DF – Brasil

“Eólico” / Samuel Alvís / PI – Brasil


Dia 12 de julho

Centro de Dança do DF- 20h 

Dança pra tela

“Red Dirt Dreaming”/ Marta Renzi/ SP

“2 movimentos”/ Michel Schettert/ RJ

Solos na Sala 

“Cinzas ao solo” / Alexandre Américo / RN – Brasil


Dia 13 de julho

Centro de Dança do DF– 20h

Dança pra Tela

Exibição do videodança dos criadores da Residência Artística


Oficinas

Dia 06 de julho

APAED – Ceilândia Sul

de 9h/11h

Dia 09 de julho

Esquina Criativa – casa de arte e cultura – Candangolândia

de 14h/16h

Dia 10 de julho

Casa de Cultura do Guará – Guará – II

de 14h/16h

Dia 12 de julho

Espaço Imaginário Cultural – Samambaia Sul

de 14h/16h


Palestra – Entrever /rever: O Mapa Invisível com Paula Zacharias

Dia 12 de julho

Centro de dança do DF

de 19h/21h


Mesa de Debate

Dia 13 de julho

Centro de dança do DF

de 17h/20h


Anúncios

Manchas Urbanas na Virada Sustentável -Festival de Sustentabilidade

Ao tomar como espaço cênico pontos do Centro Histórico das cidades por onde se apresenta, a Eduardo Severino Cia. de Dança e artistas convidados apresentam o espetáculo Manchas Urbanas dentro do Evento Virada Sustentável, do qual consiste em cinco trabalhos solos, tendo como ponto de partida as questões ambientais.

Temas como aquecimento global, reciclagem, tornados, plastificação da beleza, entre outros, inspiram e transformam-se em movimentos e poesia no corpo de experientes bailarinos. O projeto promete interferir no ir e vir cotidiano das pessoas, na paisagem urbana e na arquitetura, gerando uma reflexão acerca da responsabilidade e das consequências da ação do homem na natureza.

Sabe-se que o estudo do tempo e do clima, ocupa uma posição central e importante no amplo campo da ciência ambiental. O clima influencia diretamente as plantas, os animais (incluindo o homem), o solo  e até as rochas através do intemperismo.  O clima e as variações climáticas exercem grande influência sobre a sociedade.

As principais bases da vida para a humanidade, principalmente o ar, a água, o alimento e o abrigo, estão na dependência do clima. Até mesmo no vigor físico do homem eles influenciam.

O clima urbano gera o que os cientistas chamam de “manchas urbanas”, que são caracterizadas por três tipos de fenômenos: ilhas de calor, que se estabelecem sobre as áreas urbanizadas, causando desconforto térmico, além de outras conseqüências indesejáveis; inversões térmicas, responsáveis pelo agravamento da poluição atmosférica em virtude do papel de bloqueio que exercem, dificultando a dispersão dos resíduos e micropartículas (mais freqüentes nos meses de inverno); e enchentes urbanas, fenômenos produzidos por chuvas torrenciais agravadas pela impermeabilização do solo urbano.

Quando:
6 de abril às 11h partindo da Casa de Cultura Mário Quintana
Ficha técnica:
Direção: Eduardo Severino
Elenco: Andrea Spolaor, Cibele Sastre, Eduardo Severino, Luciana Paludo, Luciano Tavares
Trilha sonora: Leonardo Dias
Produção: Luka Ibarra e Ana Paula Reis
Duração: 50 min
Recomendação etária: livre
ENTRADA FRANCA

Eduardo Severino Cia de Dança apresenta :: 17 anos de companhia

Em comemoração aos 17 anos da Eduardo Severino Cia. de Dança apresentaremos no final de semana dos dias 11 e 12 de novembro de 2017 no Teatro Bruno Kiefer da Casa de Cultura Mario Quintana três trabalhos do repertório da Cia. com debate  e confraternização.

A Cia tem uma produção ativa de forma ininterrupta há 17 anos.1509801911595blob

  • O trabalho TEMPOSTEPEGOQUEDELÍCIA estreou em 2012 e foi apresentado no mesmo ano no Fidet/Santiago/Chile, Teatro Sérgio Cardoso/São Paulo e Sesc Santo Amaro/Projeto Modos de Existir/São Paulo. Prêmio Funarte Klauss Vianna 2012 para circulação pelo Brasil em 2013 com o projeto “Circulação em Dois Atos” com as obras Bundaflor, Bundamor e Tempostepegoquedelícia.Quatro indicações ao Prêmio Açorianos de Dança da Secretaria Munícipal de Cultura de Porto Alegre/2012 para Tempostepegoquedelícia.
  • O trabalho Bundaflor, Bundamor estreou em 2008 e foi apresentado no FIDET/Santiago do Chile/2011, circulou pelo Brasil além de ser apresentado na cidade do México no CICO, Centro de investigação Coreográfica da Cidade do México.
  •  O trabalho IN/Compatível? teve estréia em 2005 e uma remontagem em 2016, circulou por várias cidades do estado, Belo Horizonte e Rosário/Argentina em Festival Internacional EL Cruce. A Cia circulou com outros trabalhos da Cia. como Planetário, Lixo, Lixo Severino, Manchas Urbanas, Ato Bruto, A Mão Mansa do Afeto e tantos outros, foram 15 trabalhos nesta trajetória por Barcelona/Espanha, Montevideu/Uruguai, Carolina do Norte/USA, interior do Estado e pelo Brasil. Próximo trabalho com estréia para 2018, BEIJO, com financiamento de FUMPROARTE (se pagarem e se o financiamento ainda existir) .

No dia 11 de novembro apresentaremos os trabalhos TEMPOSTEPEGOQUEDELÍCIA e Bundaflor Bundamor com debate após o espetáculo com os artistas Luciana Paludo e Bia Diamante e Fernando Seffner.

No dia 12 de novembro apresentaremos o trabalho IN/Compatível? e após confraternização dos 17 anos.


Serviço:

Onde: Teatro Bruno Kiefer/Casa de Cultura Mario Quintana, Rua dos Andradas, N° 736, 6° andar.

Quando: Dias 11 e 12 de novembro de 2017, sábado e domingo.

O que:

Dia 11 – TEMPOSTEPEGOQUEDELÍCIA e Bundaflor, Bundamor + debate com Fernando Seffner, Luciana Paludo e Bia Diamante + elenco.

Dia 12 – IN/compatível? + confraternização.

Horário: 19h

Quanto:

Inteira: R$ 30,00 e meia R$ 15,00 (estudantes, idosos e classe artística)

Impróprio para menores de 14 anos 


Tempostepegoquedelícia

Trabalho que se desenvolve a partir de questões de gênero e sexualidade, Tempostepegoquedelícia se propõe a borrar as encarnações do feminino e do masculino, misturando marcadores de gênero e levando à cena sexualidades provisórias. Vestes hieráticas, erotismo, homens em tubinho e decote sexy, coletes de pele, cueca e calcinha vermelhas e corpos nus interrogam, com humor a falocracia, que marca as relações interpessoais na cultura brasileira, e que acaba encontrando reflexo na nossa arte.  O trabalho quer oferecer ao espectador a oportunidade de desfrutar da ambiguidade da carne, sem receio de ser pego em flagrante delito de voyeurismo.

Ficha técnica:

Concepção e coreografia – Eduardo Severino

Direção Cênica – Élcio Rossini e Eduardo Severino

Criadores Intérpretes – Luciano Tavares e Mônica Dantas

Elementos Cênicos – Élcio Rossini

Pesquisa musical – Luciano Tavares

Iluminação/operação – Luka Ibarra

Operação de som – Driko Oliveira

Mixagem – Jorge Foques

Fotografia – Laércio Sulczinski/Walter Fagundes

Arte gráfica – Adri Sanmartin/ Licia Arosteguy

Vídeo registro – Luciana Paludo/Filipe Severo

Realização – Eduardo Severino Cia de Dança

Produção – Lucida Desenvolvimento Cultural – Bendita Cultura

Blog – Criação/postagem – Luciano Tavares


Bundaflor, Bundamor

Bundaflor, Bundamor, o trabalho discorre sobre a Bunda. Inspirada em obra do historiador francês Jean Luc Henning, “A breve história das nádegas”, Bundaflor, Bundamor propõe outros olhares para essa parte do corpo humano, atentando para a sua constituição, desenho e  possibilidades motoras. Aproveita ainda, do contexto em que se vive, para abordar a bunda brasileira, formada graças à herança genética africana, como  massa carnal rebolante que mostra a nossa alegria mestiça.

 Ficha técnica:

Concepção coreográfica – Eduardo Severino e Luciano Tavares.

Intérpretes/criadores – Luciano Tavares, Eduardo Severino, Andrew Tassinari, Junior Alceu Grandi e Mônica Dantas com participação de Carla Vendramin e Iria Barcelos.

Trilha musical – “Não me diga adeus”/Aracy de Almeida; “Melô de piripiri”/Gretchen.

Pesquisa musical – Luciano Tavares

Mixagem – Jorge Foques

Operações – Luka Ibarra e Driko Oliveira

Figurino – Elenco

Arte Gráfica – Licia Arosteguy

Iluminação/operação – Luka Ibarra

Operação de som – Driko Oliveira

Fotos – Inês Corrêa

Vídeo Registro – Filipe Severo

Realização – Eduardo Severino Cia de Dança

Produção – Lucida Desenvolvimento Cultural – Bendita Cultura

Blog – Criação/postagem – Luciano Tavares


 Debate:

Com as artistas Luciana Paludo e Bia Diamante e o pesquisador Fernando Seffner e mais o elenco, sobre as andanças da Cia nestes 17 anos e a relação da Cia. nestes três trabalhos apresentados sobre sexualidade e gênero.


IN/Compatível?

O trabalho retrata de maneira bem humorada e com muita ironia a robotização da união entre quatro personagens através de uma linguagem contemporânea, com quatro personagens que se entrelaçam em seus sentimentos. Em cena, os quatro intérpretes negociam seus sentimentos atrás de uma escrivaninha que também é cama, que também é chão, os seres negociadores do amor trajam um figurino pop que sugere um mundo mecanicista com relações vazias e distantes, onde os corpos ficam evidenciados no intuito de questionar o culto ao corpo existente em nossa sociedade, o mecanicismo de nossas relações e a robotização de nossos comportamentos cotidianos na contemporaneidade.

A abundância de imagens e sensações sugeridas pelo cotidiano e a aridez e artificialidade nas relações humanas foi o ponto de partida para a pesquisa coreográfica e para a remontagem/recriação desta obra.

Ficha técnica:

Concepção Coreográfica: Eduardo Severino e Luciano Tavares | Criadores/Intérpretes: Andrew Tassinari, Viviane Gawazee, Luciano Tavares e Eduardo Severino | Idéia de elementos cênicos: Luciano Tavares e Eduardo Severino | Consultoria de Figurino: Luciane Castro | Figurino: elenco | Consultoria Estética Óptica: Luís Henrique | Trilha Sonora pesquisada por Luciano Tavares: Evelyn Glennie, Operation Phoenix, John Hanks/Indigo , Candeia | Operação de som: Driko Oliveira | Desenho de Luz: Luka Ibarra | Projeto Gráfico: Adriana Sanmartin | Fotografia: Claudio Etges, Natalia Utz | WebDesign: Luciano Tavares | Mixagem/imagens spot/Vt: Jorge Foques| Mixagem trilha: Driko Oliveira/Jorge Foques | Registro audiovisual: João Gabriel de Queiros | Produção: Lucida Desenvolvimento Cultural – Bendita Cultura | Divulgação: Eduardo Severino Cia de Dança.


 Realização: Eduardo Severino Cia de Dança

 Produção: Lucida Desenvolvimento Cultural


 Apoio:

Governo do Estado / Casa de Cultura Mario Quintana/ Associação dos amigos da CCMQ / IEACEN / Usina das Artes / Secretaria Municipal de Cultura / Hashi Art Cuisine/ Regional Cervejas Artesanais / Adolfo Lona vinhos e espumantes/ Mesa Produtora/Café do Mercado / Bistro da Travessa / Charlie Brownie / VINETA / TVE e FM Cultura / Rincão da Saúde / Bendita Cultura / Lucida Desenvolvimento Cultural / Sustain / Harem Dança do Ventre.

13° Edição Mostra Movimento e Palavra

A Mostra tem como objetivo a exibição e a discussão sobre as escolhas e os fazeres artísticos em dança. Com a participação de vários coreógrafos da cena porto-alegrense e interior do estado que têm diferentes princípios de criação. Diversos artistas mostrarão suas pesquisas coreográficas em processo ou já finalizadas.

No primeiro semestre do ano de 2007 a Eduardo Severino Cia. de Dança teve a iniciativa de criar e produzir a Mostra Movimento e Palavra, com total aprovação e adesão dos artistas de dança da cidade.

Nesta 13° edição da Mostra contará com várias ações, no dia 25, sábado, duas oficinas; de Cibele Sastre às 10h e de Ana Medeiros às 13h, uma bate papo com cafezinho com o artista Sherwood Chen (USA/França) às 17h que falará sobre seu trabalho e às 19h a mostra de trabalhos que contará com quatro trabalhos de coreógrafos convidados; Eva Schul, Marco Chagas, Pamela Ferreira e Lucca Adams Pilla e Marco Fillipin com bate papo ao final com mediação e provocação das artistas, Mônica Dantas, Ana Medeiros e Cibele Sastre e finalizando a programação/ações da Mostra uma oficina com o artista Sherwood Chen dia 26, domingo das 14h às 18h.

Informações:

https://eduardoseverinociadedanca.wordpress.com


Dia 25 de março

 Mostra Movimento e Palavra às 19h

Quanto: Inteira – R$ 30,00 / Meia – R$ 15,00 (Melhor idade, estudantes, Classe artística)

Coreógrafos:

Eva Schul Foto editada1

Marco Chagas com “23:15”Foto editada2


Marco Fillipin com (DES)PEDAÇOSMarco Fillipin editada


Pamela Ferreira e Lucca Adams Pilla Foto editada 3


Mediadora/Provocadoras

Mediação: Mônica Dantas / Provocadoras: Cibele Sastre e Ana Medeiros


Bate papo com cafezinho às 17h.

Entrada franca

Sherwood Chen (USAFrança) irá participar da Mostra Movimento e Palavra falando sobre as fundações/base da sua dança no treinamento de Body Weather e com Anna Halprin. Ele irá compartilhar sua pesquisa artística, PRISIONER’S CINEMA, iniciada durante sua atual residência na Galeria Península em Porto Alegre.


Oficinas:

Valor de cada Oficina: R$ 40,00

Cibele Sastre às 10h

desequilíbrio
Foto: Luciana Mena Barreto

Ana Medeiros às 13h

foto Ana Medeiros de Ryo Ichii IMG_8659
Foto: Ryo Ichii

Dia 26 de março 

Oficina com Sherwood Chen (USA/França)Foto editada 6

Das 14h às 18h.

Valor: 75 reais
60 reais – com desconto até dia 22/03 ou mediante bolsa de desconto*
* requerimento de bolsa e pagamento com Carla Vendramin através do e-mail: carlavendramin@gmail.com ou pelo facebook.

Onde: Usina do Gasômetro na sala 209, Av. João Goulart, 551


Realização/produção:

Eduardo Severino Cia. de Dança


Apoio:

Ânima Cia de Dança|Café do Mercado|Sated/RS|Usina das Artes|Usina do Gasômetro|Prefeitura de Porto Alegre|Secretaria de Cultura|TVE e Fm cultura|Viñeta Estudio|Coletivo de dança Sala 209